Saúde ao seu Alcance


Verão e a rinite: previna as crises

Postado dia 19/12/2018

Coceira no nariz e nos olhos, espirros, congestão nasal, tosse, olhos que lacrimejam: quem sofre de rinite conhece muito bem esses sintomas.

Durante o verão, com o clima seco e a poluição em alta, as crises de rinite aumentam muito. Além disso, a exposição ao ar-condicionado e as variações constantes de temperatura, também são fatores que contribuem para o aparecimento dos sinais.

Algumas vezes os sintomas são confundidos com os do resfriado e, no entanto, trata-se da rinite alérgica. De acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), cerca de 40 milhões de brasileiros sofrem com a rinite.

A rinite nada mais é do que uma reação imunológica causada pelo contato de agentes alérgenos, que inflama e incha a mucosa do nariz, em um processo acompanhado de sintomas como coceira, espirros, secreção nasal e entupimento do nariz.

Previna as crises

Para prevenir as crises e evitar que ocorrências inconvenientes aconteçam, você pode tomar alguns cuidados em seu dia a dia:

- Casa limpa

Quando o tempo está seco é natural que o acúmulo de poeira seja maior. Ao invés de varrer a casa, a opção é limpar o chão com aspirador de pó e, na sequência, também vale para os móveis, passe um pano úmido. Assim não levantará poeira, que é um dos grandes agentes causadores da rinite e manterá a casa limpa.

- Climatizador e umidificador

Ao invés dos aparelhos de ar-condicionado que deixam o ar ainda mais seco, prefira os climatizadores que ajudam a melhorar a qualidade do ar. Esses aparelhos têm filtros que retêm ácaros. Os umidificadores de ar também são ótimos para melhorar a qualidade do ar.

- Forros impermeáveis

Colchões e travesseiros são lugares preferidos dos ácaros. Os forros impermeáveis fazem com que os que estão acumulados neles não entrem em contato com o nariz.

- Lave o nariz

Use soro fisiológico para higienizar as narinas. Faça esse procedimento, ao menos, duas vezes ao dia. Ele ajuda a retirar as impurezas e amenizar os efeitos irritativos da poeira.

Com esses cuidados você pode conseguir evitar as crises de rinite alérgica. No entanto, caso os sintomas teimem em aparecer, procure um médico: o otorrinolaringologista é o especialista mais indicado para um diagnóstico preciso e tratamento adequado.

Voltar para Home Ver todos